Fenômeno de Raynaud

Fenômeno de Raynaud

Fenômeno de Raynaud

O que é o fenômeno de Raynaud?

O fenômeno de Raynaud também é conhecido como doença ou síndrome de Raynaud, é uma condição onde os vasos sanguíneos dos dedos ou dedos dos pés mudam de cor. O fenômeno de Raynaud tem esse nome por causa de um médico francês chamado Doutor Maurice Raynaud, que foi o primeiro a descrever essa condição.

No fenômeno os dedos das mãos ou dos pés podem inicialmente ficar brancos e depois azulados, principalmente em temperaturas frias, ao reaquecer os dedos dos pés e das mãos voltam para cor vermelha. A condição é normalmente referida como primária ou secundária.

O Raynaud primário é quando ele não está associado a ela uma doença ou outra causa que explique essa situação.

O Raynaud secundário é quando ele ocorre devido ao outro problema médico que possa causar o espasmo dos vasos sanguíneos.

Quando os dedos dos pés e das mãos são expostos a temperaturas frias os vasos sanguíneos normalmente sofrem uma constrição (contração, espasmo), ficam estreitos com o intuito de conservar a temperatura do corpo. Esse processo é chamado de vasoconstrição. No caso do Raynaud essa vasoconstrição é muito exagerada e é chamada de vasoespasmo, porque ele diminui dramaticamente a quantidade de fluxo sanguíneo.

Durante a fase branca nenhum fluxo sanguíneo está chegando para os dedos, por causa dos espasmos nos vasos, consequentemente os pequenos vasos vão dilatar e são preenchidos com sangue que não são oxigenados tornando os dedos azuis. Finalmente a fase vermelha ocorre porque há o aumento dramático da quantidade de fluxo sanguíneo que ocorre após a resolução do espasmo e ao tomar a temperatura quente.Nem todo mundo com um fenômeno de Raynaud presencia essas três fases de mudanças de cor.

 

Quem tem  risco de ter o fenômeno de Raynaud? O que causa o Raynaud?

O Raynaud é muito frequente em mulheres jovens. No geral as mulheres são afetadas 5 vezes mais do que homens e normalmente ocorre antes dos 30 anos de idade. A causa exata primária do fenômeno de Raynaud não é conhecido, ou seja, é idiopático.

A tabela 1 lista várias causas de Raynaud secundária, por exemplo, o Raynaud é muito frequente em pacientes com esclerodermia e também é visto em pacientes como lúpus sistêmico eritematoso, artrite reumatoide e outra doença autoimune ou reumatológica. Algumas medicações também podem causar o Raynaud secundário. O Raynaud secundário deve ser suspeito, se eu correr mais tardiamente na vida, principalmente em homens ou se os sintomas ocorrem somente em uma mão ou um pé.

 

Causa

Exemplo

reumatológica

esclerodermia

doença arterial

doença arterial periférica e tromboangeíte obliterante

doenças neurológicas e relacionadas

síndrome do túnel do carpo, AVC e desfiladeiro torácico

doenças do sangue

crioglobulinemia e mieloma múltiplo

trauma

uso de ferramentas que vibram, frostbite

doenças endócrinas

Hipotireoidismo

medicações

bloqueadores anfetaminas nas narcóticos, alguns quimioterápicos, estrogênio e clonidina

Tabela 1 -  Algumas causas de Raynaud secundário

 

Quais são os sinais e sintomas do Raynaud?

Um episódio típico de Raynaud começa com o aparecimento súbito de dedos frios e com a mudança de cor, os sintomas normalmente são provocados pela exposição a temperaturas mais frias ou estresse emocional, segurar um copo com um drink gelado ou pegar alguma comida congelada na geladeira, ou caminhar numa temperatura baixa ou no supermercado próximo das geladeiras abertas podem desencadear um episódio. Quando os dedos ficam brancos ou azuis, os sintomas podem incluir dor, desconforto, uma diminuição da sensibilidade, um formigamento, sensação de várias punções por agulhas ou uma sensação de frio muito intenso nos dedos. Na fase vermelha, pode sentir uma pulsação.

No Raynaud primário, os sintomas normalmente ocorrem inicialmente nos dedos e podem envolver apenas um ou dois dedos, depois pode aparecer em outros dedos, os dedões normalmente são poupados no fenômeno de Raynaud primário. Quase 40% das pessoas com Raynaud vão apresentar sintomas nos pés. No consultório médico o paciente pode aparecer completamente normal entre os episódios, embora você possa estar sentindo os dedos frios, a pulsatilidade pode estar normal.  Em um pequeno número de pessoas com um fenômeno de Raynaud primário, a pele pode estar um pouquinho espessada, mas feridas normalmente não ocorrem. No Raynaud secundário na pele pode estar anormal com áreas doloridas, cicatrizes ao mesmo gangrena dos dedos em casos raros, a frequência gravidade dos sintomas, podem ser muito piores nos pacientes com o fenômeno de Raynaud secundário.

 

Como fenômeno de Raynaud é diagnosticado?  

O fenômeno de Raynaud primário normalmente é diagnosticado com os sintomas. Os testes feitos em laboratório vascular, como ultrassom para medir o fluxo sanguíneo podem ser feitos, mas normalmente não são necessários, a não ser que tenha algum outro problema arterial, como uma doença arterial obstrutiva periférica ou pelo menos uma suspeita. Um teste chamado de microscopia capilar subungueal, mostra os pequenos vasos abaixo da unha sobre a visão microscópica, dependendo da situação testes sanguíneos podem ser solicitados para determinar se o fenômeno de Raynaud é primário ou secundário.

Um teste muito frequente de sangue, é o teste do anticorpo antinuclear. No Raynaud primário o anticorpo anti-nuclear é negativo ou normal entretanto ter um teste de anticorpo anti-nuclear positivo ou anormal, não necessariamente significa que existe uma doença reumatológica ou autoimune. Outros testes sanguíneos podem incluir a taxa de sedimentação de eritrócitos ou a proteína C reativa se houver suspeita de inflamação. Outros testes sanguíneos podem ser citados de acordo com sintomas de cada indivíduo.

 

Quais são os riscos do fenômeno de Raynaud?

O prognóstico para o Raynaud primário é excelente, além da chateação dos sintomas, não existem graves riscos na saúde no fenômeno de Raynaud primário, sendo as mudanças na pele e nos dedos bem raras.

Já no caso do Raynaud secundário, o risco de problemas de pele é maior, existe sempre o risco da doença que está causando o fenômeno de Raynaud.

Em alguns casos o paciente pode pensar que tem Raynaud primário, mas depois de alguns anos aparece uma doença autoimune.

 

Como o Raynaud é tratado?

Evitar a exposição a temperaturas frias é o mais importante aspecto do tratamento de Raynaud. O corpo inteiro deve ser mantido quente. Se uma causa secundária é encontrada, o tratamento deve ser direcionado a causa, por exemplo, se o Raynaud corre por uma medicação, deve-se parar a medicação, com acompanhamento médico, se possível para avaliar se os sintomas melhoram ou desaparecem. Se é encontrado uma causa na função tireoidiana, o tratamento com hormônio tiroideano pode ajudar. A tabela 2 lista várias maneiras de prevenir os episódios do fenômeno de Raynaud.

Muitas pessoas com Raynaud não necessitam de medicação e conseguem controlar os seus sintomas usando roupas quentes, evitando o cigarro, limitando o uso de cafeína e reduzindo o estresse.

Em casos graves a classe de medicação mais comumente prescrita são os bloqueadores de canais de cálcio como o nifedipina, embora outros vasos dilatadores também podem ser prescritos.

Ficar quente e evitar exposição ao frio, usar luvas e meias quentes, usar um protetor para segurar copos e canecas, garrafas frias, vestir várias camadas para manter o corpo quente, incluindo chapéu.

evitar meias e sapatos muito apertados

evitar o uso de ferramentas vibratórias

tomar muito cuidado com a sua pele, usar cremes hidratantes para prevenir  ressecar e machucar, inspecionar dedos regularmente para feridas

evitar fumar e exposição ao cigarro, a nicotina faz a contrição dos vasos

limitar o uso de cafeína, se isso piorar os seus sintomas, mudar para bebidas descafeinadas

revisar os medicamentos em uso, checar se alguma das medidas das medicações podem estar contribuindo para o Raynaud

reduzir o estresse

fazer exames físicos para reduzir o estresse, considerar yoga e meditação

uso de bloqueador de canal de cálcio ou outros medicamentos vasodilatadores indicado pelo médico no caso de sintomas graves

 

Tabela 2 - Prevenção e tratamento do fenômeno de Raynaud.

 

Resumo -  O fenômeno de Raynaud é muito comum, principalmente entre as mulheres. Os sintomas incluem as mudanças de cor nos dedos dos pés e das mãos, desencadeado pela exposição ao frio. No fenômeno de Raynaud primário nenhuma causa é encontrada, mas em pacientes com fenômeno de Raynaud secundário, pode ser devido a outras doenças. O mais importante no tratamento do fenômeno de Raynaud é evitar a exposição ao frio. Várias mudanças de estilo de vida podem reduzir a frequência de episódios e o bloqueador de canal de cálcio pode ser usado, se os sintomas forem muito graves.

 

 

Autor: Prof. Dr. Alexandre Amato

Bibliografia: Ratchford, Elizabeth V, and Natalie S Evans. "Raynaud's Phenomenon." Vascular medicine (London, England) 20, no. 3 (2015): doi:10.1177/1358863X15579122.

 

O que você acha deste artigo?: 
0
Sem avaliações