Erisipela: A infecção que causa vermelhidão na pele

YouTube video

A erisipela é uma infecção da camada superficial da pele que provoca feridas vermelhas, inflamadas e dolorosas, e se desenvolve principalmente nas pernas, rosto ou braços, apesar de poder surgir em qualquer parte do corpo. Esta doença é mais frequente em pessoas com mais de 50 anos de idade, obesos ou diabéticos. Pode ser causada por uma bactéria específica (Streptcoccus pyogenes), ou por celulites. Assista ao vídeo e veja mais detalhes com o Dr. Alexandre Amato (108651).

A erisipela é uma condição infecciosa e inflamatória que atinge a pele e o tecido adiposo, com grande envolvimento dos vasos linfáticos. Representa uma forma superficial da celulite infecciosa, pois atinge predominantemente a derme e a parte superior da gordura subcutânea. Ocorre mais frequentemente nos membros inferiores daqueles cuja circulação venosa e linfática estão debilitadas. Porém, pode atingir pessoas de qualquer idade e até mesmo outras regiões da pele.

Habitualmente, a erisipela está relacionada a uma “porta de entrada” para a bactéria, que pode ser uma úlcera venosa crônica, micose (pé de atleta), picada de insetos, ferimento da pele traumático e cuidados inadequados das unhas. Por meio desta porta de entrada, bactérias penetram na pele , atingindo as camadas cutâneas inferiores  e se espalham facilmente. A principal bactéria envolvida é o Estreptococo beta-hemolítico do grupo A, porém, outras bactérias também podem estar envolvidas. Pessoas com baixa condição imunológica, obesas e com má circulação são as mais suscetíveis, além de estarem mais sujeitas a uma infecção generalizada.

A erisipela tem início súbito com mal estar geral, cansaço, febre e calafrios, antes mesmo do surgimento de sinais na pele infectada. Em seguida, instalam-se achados locais, como avermelhamento, dor, inchaço e aumento da temperatura. O aparecimento de ínguas é comum. Em casos mais graves podem surgir formação de bolhas, escurecimento do segmento acometido e até quadros de septicemia, ou seja, infecção generalizada com risco de morte.

O diagnóstico da erisipela deve ser feita pelo médico e o tratamento requer o uso de antibióticos.



O Prof. Dr. Alexandre Amato é professor de cirurgia vascular da UNISA e chefe da cirurgia vascular do Instituto Amato (www.amato.com.br). Cirurgião Vascular e Varizes👨‍⚕Especialista em Lipedema, Doutor (PhD) pela USP🎓Médico Assist. Hosp. San Raffaele – Milão 2008 🇮🇹 Prof. da UNISA👨‍🔬📞11 50532222
Escreveu vários livros (http://bit.ly/3abqUOS), e está dando esse de presente para você: http://bit.ly/HistoriaCirurgia, aproveite
Siga no Facebook: http://bit.ly/2QIz35A
Instagram: http://bit.ly/dr_amato
Twitter: http://bit.ly/2scWbQ6
LInkedIn: http://bit.ly/35KxJU3
WhatsApp: (11)933183661 ou pelo link http://bit.ly/2RchoCt

Estamos à disposição na Av Brasil, 2283. Tel 11 5053-2222 ou WhatsApp 11 93318-3661. Nosso site: www.amato.com.br

–transcricao–


Olá, sou o doutor Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato e hoje vou falar um pouquinho sobre erisipela. A erisipela é uma infecção extremamente comum em que acaba causando um grande vermelhão na perna. Essa hiperemia, esse vermelhão decorrente de uma infecção por uma bactéria localizada no tecido subcutâneo e derme, em membro inferior.
A erisipela é causada por uma bactéria bem específica, mas existe também a celulite, que aí não é celulite estética que todo mundo fala. A celulite também é uma infecção que pode ocorrer em tecidos subcutâneos e aí por outras bactérias menos graves. Mas as duas funcionam mais ou menos do mesmo jeito, tanto a erisipela, quanto a celulite.
É uma infecção que precisa de uma porta de entrada. Essa porta de entrada normalmente ocorre em pequenas feridas no pé e a ferida mais comum é a micose. Então quem tem uma micose, a gente sabe que a micose ocorre por causa de um fungo. Não é esse fungo que acaba causando a erisipela, mas as pequenas rachaduras, as pequenas feridas acabam sendo então a porta de entrada para essa bactéria que vai desencadear essa infecção.
O paciente que tem então vermelhão na perna por causa de uma erisipela vai ter os sinais sistêmicos de uma infecção. Pode ter febre, pode ter calafrios, pode ter infecção mostrada no sangue também.
E a erisipela deve ser tratada rápida e deve ser tratada com antibiótico sistêmico indicado pelo seu médico. Muito frequentemente os pacientes procuram o cirurgião vascular para o tratamento da erisipela, mas não espere passar até o consultório do cirurgião vascular. Se for demorar muito, vá ao pronto socorro, já inicie o tratamento, que é importante começar cedo, para ter a menor quantidade de dano no nosso sistema linfático possível.
Quem tem a erisipela vai acabar tendo esse dano no tecido linfático, que pode acabar causando inchaço no futuro e predispor a novos eventos de erisipela.
Então se tiver a suspeita, se tiver a dúvida, procure o seu médico o mais rápido possível.
Muito obrigado pela atenção e estamos à disposição. —
Assine nosso canal agora!
Visite nosso site: www.amato.com.br

-~-~~-~~~-~~-~-
Veja também: “Escleroterapia com sedação Annox”
https://www.youtube.com/watch?v=-70p_4d1mi8
-~-~~-~~~-~~-~-

Marcações: