Pular para o conteúdo
Início » Calculadora de IMC e de Peso Ideal

Calculadora de IMC e de Peso Ideal

A classificação do índice de massa corporal (IMC), pode ajudar a identificar obesidade ou desnutrição em crianças, adolescentes, adultos e idosos. ambém é possível utilizá-lo para saber qual peso ideal para manter um bom estado interno saudável .

Além de saber qual é o seu IMC, essa calculadora também indica qual deve ser o seu peso ideal para alcançar a sua melhor forma, e assim melhorar sua qualidade de vida, garantindo o seu bem estar.

Coloque os seus dados na calculadora a seguir e saiba qual é o seu IMC:

Sumário

Como Calcular O IMC Descubra O Seu Peso Ideal

O peso adequado para uma pessoa é representado pelo peso que ela precisa ter em comparação a sua altura.

Tentar manter um peso adequado é muito importante para evitar problemas com relação á sua saúde.

Estes problemas podem vir por meio da hipertensão, desnutrição, diabetes e também por meio da obesidade.

Isso pode ocorrer por um motivo específico, ou seja, quando o peso da pessoa esta abaixo do ideal.

Para resolver isso, é necessário calcular o seu Índice De Massa Corporal (IMC) que por sua vez ajudará e muito a saber qual o peso ideal.

Entretanto é preciso ressaltar que o IMC não considera a quantidade de água, músculo ou gordura que uma pessoa tem.

Por isso se você está com retenção de líquidos ou tem mais massa muscular que o normal, saiba que o cálculo ideal apontado pelo IMC pode não ser o correto para você.

Sendo assim, uma ida ao médico para fazer uma avaliação pode ser uma escolha mais assertiva no seu caso, fica a dica.

Mas O Que Significa IMC?

O IMC ou Índice de Massa Corporal nada mais é do que um simples cálculo que se faz, levando em consideração o peso em relação a altura de uma pessoa.

Criado no século 19 por um matemático chamado Lambert Quételet o IMC torna possível saber se uma pessoa está ou não com o peso adequado, por meio das medidas citadas anteriormente.

O cálculo é feito dividindo o peso em kilogramas pela altura em metros da pessoa, ao quadrado. O resultado não mostra o quanto a pessoa tem de massas, óssea, muscular e de gordura, mas sim um índice útil para avaliar globalmente a pessoa.

Uma vez que o IMC indicado se excede, significa que a pessoa pode estar acima do peso recomendado e até uma certa tendência a obesidade.

Entretanto, como se trata de um cálculo simples, dependendo do resultado, torna se necessário uma consulta com o médico para que avalie melhor o sobrepeso.

Agora, caso o índice esteja muito abaixo do ideal, isso significa que a pessoa pode estar em um quadro de desnutrição.

É importante notar que a perda acentuada de massa bem como o sobrepeso têm seus graus de inconsistência.

Qual a Importância De Saber o IMC?

Na verdade, essa pergunta se reflete em estar dentro das medidas de peso adequado e isso é sem dúvidas, importantíssimo para a sua saúde.

Com os resultados do IMC em mãos, podemos agir para prevenir doenças e assegurar uma melhora na qualidade de vida de uma pessoa.

Por exemplo, se alguém está abaixo do peso ideal, torna-se necessário o aumento de massa muscular para que também se obtenha um aumento de peso de maneira saudável.

O IMC também é considerado um padrão em todo o mundo sendo adotado pela OMS (Organização Mundial Da Saúde).

A OMS como já sabemos, utiliza o IMC para se obter o grau de obesidade de uma pessoa, o que influencia diretamente em sua saúde.

Já as doenças apontadas por meio do cálculo do IMC são provenientes do sobrepeso e da obesidade, sendo consideradas de alto risco.

Entre os diversos cuidados que devemos ter com o nosso corpo e a saúde, um deles é indispensável:

Manter e saber qual é o peso ideal, sendo isso de extrema importância para se prevenir algumas doenças, bem como a própria questão de saúde.

Por isso, diante dessas informações, não há dúvidas da importância de se saber qual o Índice De Massa Corporal (IMC) de uma pessoa, fica a dica.

 

O IMC é a Melhor Forma De Avaliar o Peso?

Sem dúvidas o IMC é muito bom para se avaliar e para se saber qual seria o peso ideal, mas para análises populacionais, não individuais.

Entretanto ela não é a mais eficaz quando se trata de saber a medida precisa de gordura que o corpo possui.

Porém, apesar de tudo, é sem dúvidas a forma mais simples e barata para se medi-la.

Existem hoje muitas formas diferentes de se obter o cálculo IMC, isso vai conforme o sistema adotado de medição, inclusive com a nossa exclusiva  calculadora de IMC.

Apesar disso, considera-se o IMC, a forma mais eficaz de saber em que estado nutricional, uma pessoa se encontra.

Apesar de ser uma ferramenta que não considera com eficácia, muitos outros fatores que também são importantes para uma avaliação precisa.

O ideal mesmo é utilizar o IMC juntamente com outras formas de medição para que se consiga obter um diagnóstico mais preciso.

Dessa forma é possível saber de maneira mais assertiva se a pessoa está de fato acima ou abaixo do peso ideal.

Uma dessas formas seria, por exemplo, medir a prega da gordura afim de se obter um melhor resultado ou o uso da bioimpedância.

Assim sendo, o IMC não é considerado a maneira ideal de se saber o peso ideal para:

  • Pessoas com muitos músculos ou atletas – Esse diagnóstico não seria ideal porque ele não levaria em consideração o peso dessa massa muscular.
  • Pessoas com idade avançada – Outra situação em que as medidas não seriam assertivas pois da mesma maneira, não iria considerar a natural redução da massa muscular.
  • Durante uma gravidez – Aqui o cálculo não considera o crescimento do feto, logo não se obteria um resultado preciso.
  • Mulheres com lipedema – Doença que altera a distribuição de gordura de forma a acumular mais gordura protetora em membros.

Além desses fatores o IMC não é indicado em casos de ascite, edemas, desnutrição e em pacientes que estejam acamados.

De forma geral, somente um profissional médico ou nutricionista poderá calcular de maneira satisfatória e pessoal, qual seria o peso ideal e o quanto uma pessoa precisaria emagrecer ou engordar.


O Que Fazer Para Melhorar o Seu IMC?

Estar dentro dos parâmetros de peso ideal é importante porque o este peso está diretamente ligado ao seu estado real de saúde.

Um acúmulo pequeno de gordura corporal é sim de extrema importância para se haver energia reserva em caso de eventual doença e para que a pessoa possa se recuperar em menos tempo.

Entretanto, esse mesmo excesso de gordura, pode vir a se acumular na cintura, no fígado ou pior, dentro das artérias, impedindo a passagem do sangue.

Isso certamente contribuiria para um aumento significativo de doenças no sistema cardiovascular.

Portanto, é importante procurar ajuda médica para se obter um cálculo preciso do IMC e passar a estar dentro do peso correto.

Agora, se os cálculos obtidos pelo IMC, apontarem um resultado abaixo do considerado ideal, deve-se então comer mais alimentos que sejam fonte de vitaminas, minerais e calorias.

Mas é preciso cuidar para não abusar de alimentos ricos em frituras como hambúrgueres, pizza ou cachorros-quentes por exemplo.

Esses alimentos não são recomendados para quem está buscando como melhoras o índice de massa muscular (IMC).


Como Calcular o Seu IMC?

A maneira correta para se calcular o IMC vem por meio da fórmula, IMC=Peso(KG)/(Altura(m))2. Desta forma divide-se então o peso pela altura elevada ao quadrado.

É bem simples, porém de muita importância, veja abaixo o IMC representado pelo peso de cada pessoa do exemplo.

  • Abaixo de 18,5 – Considerado abaixo do ideal.
  • Entre 18,5 e 24,4 – Considerado peso ideal segundo a OMS.
  • De 30 a 34,9 – Considerada obesidade classe 1. Aqui o peso já pode comprometer a saúde de uma pessoa.
  • Já entre 35 e 39,9 – Entra-se em obesidade classe 2. O risco de doenças torna-se bem elevado.
  • IMC acima de 40 – Representa obesidade mórbida ou classe 3. Neste caso o peso da pessoa está acometendo um altíssimo risco á sua saúde.

Na internet hoje, é possível encontrar diversas calculadoras de IMC. A nossa calculadora de IMC apresenta além do IMC, o peso ideal, porém é sempre importante procurar ajuda médica mesmo estando “saudável”.

Seja como for, ao receber um diagnóstico não se desespere nem tão pouco haja por conta própria achando que irá resolver, deixe que o profissional mais habilitado ajude a definir o que é melhor para você.

A dica aqui é adotar hábitos saudáveis, evitando ter surpresas desagradáveis ao receber o diagnóstico.

Isso é uma coisa que se pode mudar com o tempo e caso você esteja em um caminho inadequado, a primeira coisa a se fazer é certamente mudar de hábitos.

 

Quer ter a calculadora de IMC no seu computador?

O Instituto Amato criou uma versão desse aplicativo para você instalar no seu computador. Baixe a versão respectiva ao seu sistema operacional ao lado e instale agora mesmo.

Como calcular o peso ideal?

Adultos:

IMC desejado x (altura (m) x altura (m))

IMC desejado (homens): (22 kg/m²)
IMC desejado (mulheres): (21 kg/m²)

Por exemplo, Júlia pesa 85 kg e tem 1,76 m de altura.

PI = IMC desejado x (Altura x Altura)
PI = 21 x (1,76 x 1,76)
PI = 21 x 3,09
PI = 64,9 kg

O peso ideal para Júlia é 64,9 kg.

 

Idosos

Utilize o percentil 50 para calcular o peso ideal em pessoas idosas.

Os valores de percentil indicam a posição relativa do IMC em relação a outras pessoas idosas com características semelhantes. A tabela mostra o IMC ideal para pessoas idosas.

Utilize a seguinte fórmula:

Percentil 50 x (altura (m) x altura (m))

IMC percentil 50 para calcular peso ideal em idosos

 

Homens

Mulheres

65 a 69 (anos) 

24,3 kg/m²

26,5 kg/m²

70 a 74 (anos) 

25,1 kg/m²

26,3 kg/m²

75 a 79 (anos) 

23,9 kg/m²

26,1 kg/m²

80 a 84 (anos) 

23,7 kg/m²

25,5 kg/m²

> 85 (anos)                 

23,1 kg/m²

23,6 kg/m²

Phillips e Burr, 1984
>
× Como posso te ajudar? Available from 08:00 to 20:30