Pular para o conteúdo

Tensão Pré Menstrual (TPM)

TPM

Você já se perguntou por que algumas mulheres enfrentam oscilações emocionais e físicas tão intensas antes da menstruação? A resposta está na TPM, ou Tensão Pré-Menstrual, um fenômeno que afeta muitas mulheres ao redor do mundo. Mergulhe neste artigo para descobrir o que é a TPM, como ela pode variar em intensidade e características, e o que pode ser feito para aliviar os sintomas. Descubra também se todas as mulheres passam por isso e quais fatores podem influenciar a manifestação da TPM. Compreender essa síndrome pode ser o primeiro passo para uma vida mais equilibrada e saudável. Então, vamos explorar esse mistério juntos e buscar respostas às suas perguntas mais urgentes sobre a TPM.

Sumário

Sintomas da Tensão Pré Menstrual
Sintomas da Tensão Pré Menstrual

Neste vídeo, a ginecologista Juliana Amato discute a TPM e sugere alguns alimentos que podem ajudar a aliviar os sintomas. A TPM é causada por alterações hormonais que levam a uma diminuição nos níveis de serotonina, resultando em sintomas como irritabilidade, inchaço, cansaço e dores de cabeça. Para combater esses sintomas, a Dra. Juliana recomenda o consumo de alimentos ricos em vitamina A, vitamina B6, triptofano e tirosina. Esses alimentos incluem frutas e legumes vermelhos e amarelos, verduras, oleaginosas, bananas e peixes. Ela adverte contra o consumo de chocolate ao leite, castanha de caju salgada e excesso de sal e carboidratos nesta fase, pois podem agravar o inchaço e levar ao ganho de peso.

Olá! Meu nome é Juliana Amato, eu sou ginecologista e hoje eu vou dar algumas dicas sobre alguns alimentos que podem ajudar você passar pela fase da TPM. Bom, a maioria das mulheres sofrem de TPM, em algum momento da sua menstruação do seu ciclo menstrual. O mais comum é que esses sintomas apareçam na fase lútea da menstruação da mulher e o que é a fase lútea? A fase lútea é aquela fase onde acabou, a mulher acabou de ovular, tem algumas alterações hormonais, onde a progesterona tem um aumento, estrogênio tem uma queda e com isso a gente tem alterações na liberação da serotonina, ou seja, nessa fase, a serotonina está em baixa na nossa circulação e é isso que causam aqueles sintomas do transtorno de histórico pré menstrual, a conhecida TPM. Os sintomas mais comuns são irritabilidade, inchaço, a mulher, ela sente na balança cerca de um quilo e meio, a dois quilos a mais que é pelo acúmulo de líquido. Além disso, ela pode sentir irritabilidade, cansaço, às vezes, a mulher tem uma noite de sono muito boa, mas ela já acorda cansada, ela já acorda irritada e isso tem a ver com esses níveis de serotonina mais baixos no organismo. Dores de cabeça também é um sintoma bem frequente. É o que a gente pode fazer além das medicações que melhoram essa fase. Alimentos ricos em vitamina A, vitamina B6, em aminoácidos, como o triptofano e a tirosina ajudam muito nessa fase. E quais são esses alimentos? Tudo o que é muito amarelo, tudo o que é muito vermelho, ou seja, as frutas e as leguminosas que têm essa coloração são ricas em vitamina A. Então a laranja, a tangerina, a abóbora, o morango, o tomate são ricos nessa vitamina. Além disso, todas as verduras que são verdinhas são ricas em vitamina A e vitamina B6 e ajudam nessa fase. As oleaginosas, elas são ricas em vitamina B6 e ajudam muito a passar por essa fase. Então a castanha de caju, a castanha do Pará, as nozes, elas são bem importantes nessa fase. Tomar cuidado um pouco com aquela castanha de caju salgada, porque pelo sal que ela contém, como a mulher já tem um momento do acúmulo de líquido, ela pode inchar mais nessa fase. Tomar cuidado também com o sal na alimentação nessa fase, justamente pelo acúmulo de líquidos. A banana é uma fruta importante, rica em triptofano, o peixe pensando na vitamina B6 também é muito muito bom aumentar o consumo nessa fase. Chocolate, tomar muito cuidado com chocolate, ele é ótimo nessa fase, porém não é aquele chocolate ao leite que a gente está acostumado, aquele docinho, gostoso, não! O chocolate nessa fase tem que ser aquele 70 por cento, que ele é mais concentrado, mas rico em avelã, Semente de abóbora, semente de girassol, também é interessante aumentar o consumo nessa fase, além dos leites e os derivados. Uma dica, tome muito cuidado nessa fase porque a gente que é mulher, a gente aumenta o consumo de carboidrato e esse aumento do consumo de carboidrato, não é pelo aumento da fome, é que a gente fica mais ansiosa mesmo, e a gente tem vontade de comer coisas, com mais substância. Só que o carboidrato vira açúcar no organismo, você vai estar aumentando a sua ingestão de calorias e com isso você tem um grande risco de ganho de peso e esse ganho de peso também pode estar associado ao aumento de sal nessa fase, nos pães, principalmente. Então essas foram algumas dicas para você passar por essa fase da TPM. Espero que tenha gostado desse vídeo, e se você gostou, inscreva-se no canal, dê o seu like e ative o sininho de notificação!

O que é a TPM? Em que dias do mês ela acontece?

 
TPM se refere a Tensão Pré menstrual, atualmente denominada Síndrome Pré Menstrual trata-se do conjunto de sintomas psíquicos e físicos que ocorre antes da menstruação, geralmente com duração variável mas que pode chegar até 10 dias de duração e melhora com o inicio do sangramento. Muito importante observar se estes sintomas cessam com o início da menstruação pois se não, não estamos falando de TPM e a causa deve ser investigada pelo seu médico.

Todas as mulheres têm TPM?

 
Nem todas as mulheres tem TPM. Mulheres que nunca tiveram os sintomas quando passam por uma situação difícil como stress exacerbado, problemas familiares entre outros, por terem o nível de Serotonina diminuído nesta fase podem apresentar os sintomas. Já mulheres que tem mães com histórico de TPM tem maior chance de ter os sintomas peri menstruais. Depende muito do momento de cada mulher, assim como em fases da vida mais alegres e promissoras os sintomas da TPM são amenizados ou inexistem pelo aumento nos níveis de Serotonina.

Existem quatro tipos de TPM. Quais são eles e quais suas características principais?

A Classificação dos tipos de TPM foi criada para facilitar o diagnóstico do sintoma mais exacerbado durante a fase e facilitar a proposta de tratamento visando melhorar o que mais incomoda nesta fase.
 
  • Tipo A – o sintoma mais prevalente é a ansiedade, mas podem ocorrer alterações de humor, insônia e irritabilidade. Neste caso o aconselhado é a pratica de atividade física onde ha liberação de endorfinas e dá uma sensação prazerosa associada a uma alimentação equilibrada.
  • Tipo D- há prevalência dos sintomas depressivos. A mulher fica mais irritada , as vezes violenta, com baixa de auto estima e sentimentos negativos. O uso de antidepressivos neste tipo só é feito em casos graves e com indicação e acompanhamento médico. Atividade física e alimentação equilibrada são sempre indicados.
  • Tipo C- o foco aqui é a compulsão alimentar. Desejo por doces, comidas mais gordurosas e pesadas e pode vir associada a dores de cabeça. Neste caso a atividade física e alimentação equilibrada rica em ômêga 3 ameniza a compulsão. Podem ser associados ansiolíticos ou óleo de Prímula sob orientação e controle sempre de um médico.
  • Tipo H – o sintoma prevalente é o inchaço, que esta relacionado ao aumento da retenção de líquidos pelo organismo. A mulher sente ganho de peso, aumento abdominal pelo inchaço, dor nas mamas. Aqui a indicação é a diminuição da ingesta de sal na comida e de café e produtos que contenham cafeína.
 

Existe tratamento para a TPM?

 
Sim, a recomendação a todas as mulheres que passam pela TPM todo mês é que se exercitem e tenham uma alimentação saudável e balanceada. Como disse anteriormente cada sintoma prevalente tem uma abordagem específica e deve ser conversado com seu médico se tem a indicação de uso de outras medicações associadas.
Para quem não tem contra indicações para o uso de anticoncepcionais este também é muito utilizado pois impede as alterações hormonais bruscas do ciclo menstrual, mas com deve ser utilizado com cautela e sempre com indicação e orientação de seu ginecologista já que não é uma medicação sem riscos.
 
 
 
 

Neste vídeo, é abordada a síndrome pré-menstrual (TPM), que afeta a maioria das mulheres antes do período menstrual. Os sintomas incluem irritabilidade, ansiedade, choro fácil, depressão, enxaqueca, cólicas menstruais e dores no corpo. Para aliviar esses sintomas, é recomendado o consumo de alimentos nutritivos, ricos em fibras, frutas e peixes, que contêm Ômega 3 e Ômega 6. Manter uma atividade física regular também é importante, pois ajuda a liberar hormônios que causam prazer e bem-estar. Além disso, exercícios de alongamento e meditação podem ser úteis.

Se a TPM não melhora com essas mudanças, pode ser necessário recorrer a medicamentos para aliviar os sintomas, como ansiolíticos ou medicamentos para enxaqueca. Em casos extremos, a suspensão da menstruação com anticoncepcionais contínuos pode ser uma opção. É importante consultar um ginecologista para discutir os sintomas e possíveis tratamentos.

Olá! Hoje nós vamos conversar sobre uma situação que ocorre com a maioria das mulheres que é a síndrome pré menstrual ou a conhecida TPM. A gente sabe que toda mulher que chega próximo do período menstrual pode ter alguns sintomas que dificultam o seu relacionamento nesse período e até algumas atividades do seu dia a dia. Então vamos conversar um pouquinho sobre a síndrome pré menstrual. Porque esses sintomas acontecem antes da menstruação? Então, quando a gente está na fase lútea do nosso ciclo menstrual, ou seja, aquela fase logo depois da ovulação, algumas alterações hormonais ocorrem no nosso organismo e essas alterações elas facilitam a ocorrência de alguns sintomas, mas em algumas mulheres de menor intensidade em outras mulheres. E quais são esses sintomas? Irritabilidade ansiedade, um choro fácil, em alguns casos as mulheres ficam bem depressivas mesmo, nessa fase pode ocorrer também enxaqueca, dor de cabeça, mais amena, cólicas menstruais, dores no corpo e é uma fase muito difícil para a mulher. Dependendo da intensidade desses sintomas que ocorrem cada mulher tem um sintoma específico para sua TPM que é o mais exacerbado. Então se você conversar, por exemplo, com uma amiga, ela pode falar, por exemplo, que ela tem mais dor de cabeça nessa fase e você tem mais irritabilidade. Outra tem mais dor pélvica, ela fica mais cansada durante o dia. Então como a gente faz para melhorar essa situação? O ideal é que nessa fase do ciclo que a mulher já está, que ela faça a ingestão de alimentos mais nutritivos, de mais fibras mais frutas, o que ajuda muito é comer mais peixe, então o Ômega 3 ou o Ômega 6 são muito importantes nessa fase para a diminuição desses sintomas. Além de manter uma atividade física, a gente sabe também que a TPM tem muito a ver com a redução da serotonina nesse período do ciclo menstrual. Então a atividade física ela melhora muito quando você faz nesse período, porque tem a liberação dos hormônios que causam prazer, que causam o bem estar, que são responsáveis pelo bem estar. Então é importante mesmo que você esteja com um pouquinho mais de cólica, você vai ver que uma atividade física regular nesse período vai até melhorar a sua dor, vai melhorar o seu ânimo e em alguns casos até a dor de cabeça passa. É importante exercícios de alongamento, também são muito bons meditação. Sentar um pouquinho, respirar, ter uma boa respiração, uma respiração profunda e com calma ajuda muito a passar por essa situação e avaliar quando você está mais estressada, mais irritada. Pensar duas vezes antes de tomar alguma decisão, não é uma fase que você tem que tomar decisões importantes. Se você está passando no meio da sua TPM, nessa fase espere um pouquinho para tomar as decisões mais importantes, porque isso vai fazer diferença na sua vida. Mas se você pensar assim “minha TPM não passa, eu tento de tudo, não existe um remedinho que cure a minha TPM.” Até existe algumas coisas que a gente tem algumas medicações que a gente pode usar durante a TPM, mas é pra melhorar os sintomas da TPM e não para melhorar a TPM em si. Ou seja, por exemplo, num caso de mais irritabilidade, mais tristeza. Às vezes um inibidor da recaptação de serotonina que é um ansiolítico, caiba nesse períodos em que a gente passa por essa situação. Por exemplo, algumas medicações para enxaqueca também podem ser utilizadas nessa fase para melhorar os sintomas, mas não para melhorar a situação em si. O que tem um resultado bom nas mulheres que têm esse período muito exacerbado é a suspensão da menstruação. E como é feita essa suspensão da menstruação? É feita com o uso de anticoncepcionais contínuos usados para esse fim. Com isso a mulher, ela não tem as alterações do ciclo menstrual. Então bloqueia aquele eixo de produção dos hormônios sexuais lá no hipotálamo e aí corta esse ciclo e não tem esses sintomas, mas são casos específicos que dá para fazer esse tratamento quando essa TPM é muito exacerbada. Então se você sofre dessa condição, te orienta a procurar um ginecologista, converse sobre os seus sintomas! Se a TPM ela muda muito a sua vida, se atrapalha sua vida naquele período a ponto de atrapalhar em trabalho, em vida pessoal. É interessante um tratamento e essas mudanças do hábito de vida nesse período. Se você gostou do nosso vídeo, inscreva-se no nosso canal dê seu link e ative o sininho de notificação!

Artigo sobre TPM no Segredos da Mente, onde a Dra Juliana responde perguntas importantes.

[pdf-embedder url="https://www.amato.com.br/wp-content/uploads/2023/04/294158081-TPM-squeeze2.pdf"]
 

Qual sua nota para este artigo?

0 / 5

Your page rank:

>