Endometriose na reprodução assistida

YouTube video
Dificuldade para ter um bebê? Sabia que a endometriose interfere na reprodução humana? Dra Juliana Amato, ginecologista do Instituto Amato (www.amato.com.br) fala sobre a endometriose e tratamento de reprodução assistida.

Dra. Juliana Lelis S. Amato é Ginecologista e Obstetra. É chefe da Reprodução Humana do Instituto Amato (www.amato.com.br). Enquanto não está cuidando das suas pacientes, e fazendo FIVs, está cuidando de sua familia👨‍👩‍👧‍👦. É mãe, apaixonada pela natureza🐶🐱🌳🌲, bem estar e estilo de vida saudável🚴.
Escreveu o livro “Em busca da fertilidade.” (http://bit.ly/35GF8ni), e autora do site fertilidade.org
Instagram: http://bit.ly/dra_amato
Facebook: http://bit.ly/36Q76yc
Twitter: http://bit.ly/2RaylNp
LinkedIn: http://bit.ly/35KxJU3

Estamos à disposição na Av Brasil, 2283. Tel 11 5053-2222 ou WhatsApp 11 93318-3661. Nosso site: www.amato.com.br



— transcrição —


Olá meu nome é Juliana Amato sou ginecologista e obstetra do Instituto Amato e hoje a gente vai conversar um pouquinho sobre a endometriose tratamento de reprodução assistida. Então a endometriose é uma doença inflamatória e ela ocorre pela presença de tecido de endométrio fora do útero o que pode ocorrer no intestino e cavidade abdominal, bexiga, ovários e está associado com baixa fertilidade. É mais comum em pacientes a partir dos 32 anos. O principal sintoma de endometriose é dor: dor pélvica, dor abdominal, principalmente no período pré menstrual e menstrual. Pode estar associado com dor à evacuação e também com dor à micção. Em casos mais graves pode estar associado até a um sangramento na hora da micção. As pacientes com a endometriose, dependendo do grau de endometriose elas têm uma dificuldade de engravidar. São pacientes que já vêm com diagnóstico de endometriose com uma dificuldade de engravidar há anos. O mais indicado é que se faça uma fertilização in vitro (FIV). Antes de fazer essa fertilização é preciso uma avaliação da cavidade abdominal dessa paciente. Ou seja uma videolaparoscopia se for uma endometriose profunda muitas vezes é indicado fazer uma videolaparoscopia antes para retirar aqueles focos de endometriose. Diminuir esse processo inflamatório abdominal, para melhorar a implantação desse embrião quando for fazer uma fertilização in vitro (FIV). Muitas vezes se uma endometriose mais leve. Não precisa fazer uma cirurgia anterior mas quem decide isso é o médico que está acompanhando. E Porque é uma fertilização in vitro? Porque já se faz o embrião em laboratório coloca-se ele pronto dentro do útero, quebrando ou passando várias fases que poderiam ser prejudicadas pelo processo inflamatório da doença. Se você gostou do nosso vídeo Inscreva-se no nosso canal, de o seu like, ative a Sininho de notificação para receber mais vídeos. Obrigada.
LEIA TAMBÉM:  Miomas: tumores benignos causados por disfunções hormonais