Cirurgia estética entre adolescentes pode ter relação com bullying

Plástica em adolescente

Quando se fala em cirurgia estética vem à mente colocação de prótese de silicone, diminuição de mama, lipoaspiração abdominal entre outros procedimentos. Porém, adolescentes também contam com os cirurgiões plásticos para melhorarem a aparência e, em alguns casos até para minimizarem chances de serem possíveis alvos de bullying.

Atendo um número crescente de jovens, no início da adolescência, que buscam, principalmente, cirurgias de otoplastia, popularmente conhecida como orelha de abano.

Outra cirurgia bastante procurada no meu consultório é para o tratamento de ginecomastia, que é o aumento das mamas em meninos, e que muitas vezes é cirúrgico.

Vivemos em um mundo onde o bullying, infelizmente, é uma situação frequente e se pudermos diminuir esses impactos na adolescência, acredito que contribuiremos para um futuro mentalmente mais saudável. Apenas ressalto que essas cirurgias só podem ser realizadas mediante autorização e acompanhamento dos responsáveis.

Dr. Fernando Amato

*Dr. Fernando Amato é médico cirurgião plástico, membro titular pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, membro da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS) e da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos (ASPS).

 

LEIA TAMBÉM:  Otoplastia – entre os resultados positivos está a prevenção do bullying
LEIA TAMBÉM:  Retirada de excesso de pele após bariátrica é coberta pelo SUS e planos de saúde?