Qual a diferença entre ovulação e período fértil

Ovulação e período fértil

Ovulação e período fértil são conceitos e situações que se relacionam. Ambos acontecem ao mesmo tempo e são necessários para que ocorra uma gestação. Porém, não são sinônimos. Até as mulheres que estudam bastante os seus corpos e funções têm dúvidas a esse respeito. Por isso, vamos acabar de vez com essa confusão. Saiba mais a seguir!

Processo de fecundação: como acontece

Antes de destacar a diferença entre ovulação e período fértil, vejamos como acontece a gestação dentro do útero da mulher. Para que haja fecundação é necessário que ocorra o encontro do óvulo, liberado pela mulher, com o espermatozoide, liberado pelo homem.

Quando o gameta masculino encontra o gameta feminino, um embrião é formado. A partir daí, o corpo da mulher começa a se adaptar à gestação daquele bebê que está por vir. O atraso da menstruação, por exemplo, é o primeiro sinal.

O que é ovulação

A ovulação é o desprendimento do óvulo do folículo ovariano. Acontece assim: todos os meses, o corpo da mulher se prepara para uma gestação. O ovário é o responsável pela liberação dessa célula reprodutiva da mulher, por meio do folículo, cavidade que envolve o óvulo. 

Quando está maduro o suficiente, esse óvulo é solto e capturado pelas trompas uterinas. Caso a mulher mantenha relações sexuais sem preservativo nesse período, ela poderá engravidar visto que o espermatozoide poderá encontrar e fecundar o óvulo.

Quando há esse encontro, o óvulo fecundado desce até o útero, se instala em sua parede interna e começa, então, uma gravidez.

A ovulação acontece apenas uma vez por mês, sendo possível que a mulher libere um ou mais óvulos. É quando ocorre a gravidez de gêmeos, por exemplo.

Outro fato importante sobre a ovulação é que a quantidade de óvulos da mulher vai diminuindo com o passar do tempo, por causa da liberação mensal. É por esse motivo que uma mulher, a partir dos 35 anos, tem mais dificuldade de engravidar.

Já o homem não tem esse problema em relação aos seus gametas masculinos. Desde que esteja saudável, ele continua liberando espermatozoides em quantidade e condições adequadas para uma gravidez.

Como a mulher pode saber se está ovulando

Conhecer o ciclo menstrual é um ponto importante para ter essa informação. O ciclo começa no primeiro dia da menstruação e termina no primeiro dia da menstruação seguinte. Quando a mulher tem um ciclo menstrual regular, a ovulação acontece por volta da metade desse período. 

Anotar em um caderninho ou calendário todas as fases da menstruação é uma maneira de conhecer mais sobre o corpo e todas as suas alterações durante essa fase. São sinais que também apontam para uma ovulação:

  • Aumento da libido;
  • Aumento do apetite;
  • Cólica leve;
  • Secreção vaginal mais espessa e pegajosa;
  • Aumento da temperatura corporal;
  • Irritação e inquietação;
  • Pele mais oleosa, com surgimento de espinhas.

O que é período fértil

Vamos agora para o período fértil. No começo desse artigo, dissemos que o período fértil e a ovulação se relacionam. Como isso acontece? Bom, é durante o período fértil, e somente nesse período, que a ovulação acontece. Ou seja, o óvulo é liberado pelo ovário.

Então, a ovulação é uma ação que acontece dentro do período fértil da mulher. É por isso que definimos essa fase como o momento propício para que ocorra uma gestação. Justamente porque o óvulo foi liberado e pode encontrar o espermatozoide, gerando um embrião.

O período fértil acontece, geralmente, por volta da metade do ciclo menstrual da mulher, com acréscimo de dois ou três dias antes e depois dessa data. Quando a mulher tem um ciclo menstrual regular, fica mais fácil obter essa informação.

Mas, se a mulher só ovula uma vez e libera, quase sempre, um óvulo apenas, quer dizer que esse óvulo permanece ativo durante todo o período fértil? Não. Na verdade, o óvulo tem uma vida útil de apenas 24 horas. 

Entretanto, não é possível saber com certeza o dia exato da sua liberação. O óvulo pode ser solto pelo ovário em qualquer dia do período fértil, estando disponível para a fecundação. Caso esse encontro não aconteça, ele é expelido junto com o sangue menstrual.

Por isso, o casal que está tentando engravidar deve manter relações sexuais sem preservativo dentro do período fértil. Contudo, não é necessário se relacionar todos os dias. Fazer sexo em dias alternados é o mais indicado, pois há mais qualidade no material liberado pelo homem.

YouTube video

 

LEIA TAMBÉM:  Como saber quando está no período fértil
LEIA TAMBÉM:  Inseminação Intrauterina: técnica de reprodução assistida

É possível engravidar fora do período fértil?

Não é possível. Como vimos, para que haja uma gravidez é preciso que o espermatozoide fecunde o óvulo. Como o óvulo só é liberado no período fértil, não há chance desse encontro acontecer. 

Então, se a mulher quiser engravidar, ela precisa manter relações sexuais obrigatoriamente dentro do seu período fértil. 

Contudo, vale um alerta. Muitas mulheres possuem um ciclo menstrual irregular, não sabem quando estão férteis e se preparam de forma errada para engravidar ou evitar uma gravidez. No final, acabam se surpreendendo com uma gestação porque tiveram relação sexual sem proteção em um momento em que estava fértil sem saber.

O que também pode influenciar nessa questão é o tempo de vida de um espermatozoide. Enquanto um óvulo tem uma sobrevida de 24 horas apenas, um espermatozoide pode permanecer vivo dentro do útero da mulher por até 5 dias.

Portanto, a mulher pode engravidar devido à uma relação sexual que ela manteve sem preservativos cinco dias atrás. Vejamos um exemplo:

Supondo que uma mulher tenha um ciclo regular, controle direitinho seus dias férteis e decida manter relações com seu parceiro cinco dias antes de começar o seu período fértil. Caso o seu óvulo seja liberado no primeiro dia desse período, há ainda a chance do espermatozoide, em seu 5° dia de vida útil, encontrar o óvulo e provocar a fecundação. 

É por esta razão que muitas mulheres acreditam que engravidaram fora do período fértil. Na verdade, a relação sexual aconteceu fora dessa fase, mas o encontro dos gametas ocorreu no momento correto e esperado pelo organismo.

Agora você já sabe a diferença entre ovulação e período fértil e não fará mais confusão com esses dois termos. Saber como funciona o corpo da mulher, especialmente durante essa fase tão importante, é fundamental para evitar ou para aumentar as chances de uma gravidez. Para saber mais, consulte o seu ginecologista.

Dra. Juliana Amato