Pular para o conteúdo
Início » Categoria: Dicas » Hérnia inguinal em Hospital Dia

Hérnia inguinal em Hospital Dia

Hérnia inguinal

Hérnia é um termo usado para definir a protrusão de parte do intestino ou de outros órgãos em determinados pontos do abdômen, causando nódulos visíveis. Geralmente isso acontece por causa do enfraquecimento da parede abdominal, que provoca a abertura de um orifício e possibilita a passagem do órgão através dele. Quando a protrusão ocorre na região da virilha, é chamada de hérnia inguinal.

A hérnia inguinal é a mais frequente na população, correspondendo a 75% de todos os casos de hérnia diagnosticados. Segundo a entidade, a condição é mais comum em pessoas do sexo masculino.

O que causa a hérnia inguinal?

A protrusão do órgão abdominal é causada principalmente pelo enfraquecimento da parede abdominal. Mas, será que existe uma motivação para esse “escape”? 

Entre os motivos mais comuns destacam-se o levantamento constante de peso excessivo e a má formação dos órgãos abdominais (mais comum em bebês e crianças). Contudo, prisão de ventre recorrente (constipação), tosse crônica e obesidade também podem contribuir para o surgimento do problema. 

Realizar muito esforço após cirurgias abdominais (retirada da vesícula, apêndice, cirurgia bariátrica entre outras) também pode causar hérnia inguinal. Há ainda a predisposição genética: pessoas com casos de hérnia na família têm mais chances de desenvolver o problema.

Como identificar?

Identificar uma hérnia inguinal é relativamente fácil, já que trata-se de uma saliência na região da virilha. Ela pode causar os seguintes sintomas:

  • Dor, inchaço e vermelhidão local;
  • Vômitos;
  • Endurecimento no local da hérnia;
  • Febre.

Tratamentos para hérnia inguinal

Dependendo do caso, o médico pode receitar medicamentos analgésicos para aliviar a dor local, como dipirona, paracetamol e corticoides. Todavia, o melhor tratamento para a hérnia inguinal é a cirurgia, que pode ser aberta ou laparoscópica, com o auxílio de microcâmeras e pequenos cortes ao redor do local. 

Dependendo do caso, pode haver a necessidade do uso de telas para reforçar o tecido e evitar que o órgão volte a ultrapassar a parede abdominal. As telas diminuem em 99% a reincidência do problema.

A cirurgia é feita com anestesia epidural, geral ou local, conforme a complexidade do procedimento. A anestesia epidural bloqueia a sensibilidade dos membros inferiores e região abdominal, enquanto a geral coloca o paciente para dormir. Esta, por sua vez, pode ser combinada com uma anestesia local para a realização do procedimento.

Após a cirurgia, recomenda-se repouso de 15 dias. Durante esse período, o paciente deve evitar pegar peso acima de 5% do peso do próprio corpo e não deve fazer esforço físico. Mas pode caminhar, tomar banho, sentar, deitar e realizar suas atividades diárias normalmente.

Possíveis complicações

Assim como acontece nos outros tipos de hérnias, a hérnia inguinal é um problema que evolui gradativamente, se nenhuma providência for tomada para conter a condição. Além do prejuízo estético, já que as hérnias vão aumentando de tamanho com o passar do tempo, existem ainda complicações de saúde caso a saliência não seja corrigida a tempo.

Se não tratada precocemente, a hérnia inguinal pode descer para os testículos, causando deformidades. Além disso, pode causar o estrangulamento do intestino, que é quando o órgão sai pelo orifício, mas não consegue mais voltar porque fica preso.

Também chamado de encarceramento do intestino, a complicação causa dores intensas, constipação intestinal, vômitos e, em casos mais graves, necrose do tecido. Nesse caso, é feita uma cirurgia de emergência, geralmente aberta, no paciente.

Justamente por isso recomenda-se tratar a hérnia logo que ela surge. Dessa forma, é possível programar a cirurgia com antecedência e optar pela laparoscopia, que quase não deixa cicatrizes no corpo e tem recuperação mais rápida.

A hérnia na virilha pode voltar após a cirurgia?

Infelizmente sim, se no pós-operatório o paciente não seguir as recomendações de repouso ou se não forem utilizadas telas para reforçar a região. A boa notícia é que graças ao avanço da medicina e à modernidade das técnicas cirúrgicas, atualmente a reincidência de casos de hérnia é de menos de 1%.

Após os primeiros 15 dias de repouso, uma reavaliação médica é feita para saber se o paciente pode voltar ao trabalho. Para atividades físicas, principalmente as mais intensas (musculação, abdominais entre outras), recomenda-se aguardar um período de 90 dias para retomar as atividades.

Hérnia inguinal em hospital dia

Uma pergunta frequente entre todos aqueles que sofrem com hérnia inguinal é se precisam se internar em hospital por muito tempo para realizar a cirurgia. Felizmente isso não é preciso, pois trata-se de um procedimento de baixa complexidade. Caso não haja nenhuma complicação após a cirurgia, o paciente recebe alta no mesmo dia.

Também chamada de cirurgia ambulatorial, a técnica utiliza sedação e anestesia local para a realização do procedimento. A recuperação tende a ser rápida, menos dolorosa e menos solitária quando comparada à internação hospitalar tradicional.

Antes de ser liberado, o paciente é submetido a uma avaliação médica para saber se está tudo em ordem. Caso esteja tudo bem, ele recebe orientações sobre o repouso necessário, dieta pós-cirúrgica e recebe uma receita com a prescrição de medicamentos necessários. Entre os mais recomendados, destacam-se os antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos.

YouTube video

 

Onde fazer cirurgia de hérnia inguinal com segurança e sem necessidade de internação hospitalar? Conheça o Hospital Dia do Instituto Amato

No Instituto Amato você faz cirurgia de hérnia inguinal com uma equipe médica especializada e multidisciplinar. Nosso atendimento é feito no Hospital Dia, uma instituição de saúde própria, com infraestrutura moderna e com modalidade de internação parcial.

Nessa modalidade, o paciente recebe todos os cuidados de saúde necessários por um período não superior a 12 horas. Trata-se, na verdade, de uma excelente alternativa à hospitalização clássica, pois é mais acessível, humanizada e oferece menos riscos. E, em caso de dúvidas ou de qualquer eventualidade com a cirurgia já em casa, basta entrar em contato com a equipe médica para a resolução do problema.

Quer saber mais sobre a cirurgia de hérnia inguinal ou saber mais sobre o Hospital Dia do Instituto Amato? Então entre em contato conosco e agende a sua consulta.

 

Dr. Cássio Jerônimo Machado de Barros

 

YouTube video
>
× Como posso te ajudar? Available from 08:00 to 20:30