Pular para o conteúdo

Varizes e Ponte de Safena: Como fazer a escolha certa

ponte de safena

Está com dúvidas sobre a ponte de safena? Então com certeza esse post será útil.

Confira tudo o que você precisa saber sobre o procedimento da ponte de safena. E se ao operar varizes você inviabiliza esse procedimento no futuro.

O que é ponte de safena, para que serve e como é feita.

Além disso, o que a grande maioria procura saber, como é a recuperação cirúrgica do procedimento chamado ponte de safena.

Sumário

 

Ponte de safena.

A ponte de safena é uma cirurgia que usa uma parte da veia safena da perna com o intuito de desviar sangue da aorta para as artérias coronárias que irrigam o próprio coração.

A cirurgia de revascularização miocárdica por ponte de safena aorto-coronária, além de ser conhecida como ponte de safena, é conhecida também como revascularização do miocárdio ou bypass cardíaco.

Quando existe uma obstrução por placas de gordura nos vasos do coração, é feito outros tratamentos. Se, ainda assim não tem resultado, pode ser necessário fazer essa cirurgia.

Já que, nesse caso, quando o tratamento não tem resultado, aumenta os riscos de se ter complicações, por exemplo, o infarto.

Para que serve a ponte de safena?

Para que o coração funcione corretamente, ele precisa abastecer seu próprio músculo com sangue rico em oxigênio.

Esse sangue chega pela artéria aorta através dos vasos do músculo cardíaco, esses vasos são conhecidos como artéria coronária.

Acontece que o sangue passa em menor quantidade para o músculo quando essas artérias estão obstruídas com gorduras nas paredes dos vasos. Dessa forma ocorre a diminuição da quantidade de oxigênio que chega até essas células musculares.

Como resultado, o coração acaba perdendo parte da sua capacidade de bombear o sangue pelo corpo, causando cansaço fácil, sensação de falta de ar e desmaios.

Além disso, a pessoa pode estar com a vida em risco, já que se o sangue não passar na quantidade necessária, pode levar o músculo cardíaco a entrar em colapso e morte celular, causando um infarto.

Nesse caso, o médico irá sugerir a cirurgia de ponte de safena. Ela serve para que o sangue continue a circular pelo músculo cardíaco através de uma ponte entre a artéria aorta e o local após a obstrução da artéria coronária. Possibilitando assim que o coração volte ao seu funcionamento normal.

Como é feita a cirurgia de ponte de safena?

A cirurgia de ponte de safena consiste em pegar um pedaço da veia safena da perna para fazer uma ponte entre a artéria aorta e o local após a obstrução da artéria coronária.

Além disso, é uma cirurgia delicada, pode durar em média cinco horas e é feita em seis etapas. São elas:

Anestesia.

Em primeiro lugar, é necessária uma anestesia geral, além de ser colocado um tubo na traqueia para facilitar a respiração do paciente.

Veia safena.

O segundo passo é retirar cuidadosamente parte da veia safena na perna. é bem diferente da cirurgia de varizes.

Acesso às artérias do coração.

Em terceiro lugar, é necessário ter acesso às artérias do coração, para isso é feito um corte no tórax.

Definir os locais para fazer a ponte.

Após examinar as artérias obstruídas, o médico irá definir os locais para fazer a ponte de safena.

Costura da veia.

O quinto passo é costurar a veia safena no local que for necessário.

Fechar o tórax.

Em sexto lugar, o tórax é fechado com suturas especiais com o intuito de aproximar o osso esterno.

Após a cirurgia finalizada, é mantido o tubo da traqueia durante as primeiras horas de recuperação.

Como é a recuperação?

Depois da cirurgia é necessário avaliar constantemente os sinais vitais do paciente além de descartar qualquer complicação, por esse motivo ele fica internado na UTI durante 2 ou 3 dias.

Após ser considerado estável, o paciente já pode ser transferido para o quarto onde continuará tomando analgésicos com o intuito de evitar dores e desconforto no peito.

Além disso, será iniciado a fisioterapia com exercícios respiratórios, caminhada e exercícios leves.

Geralmente, o paciente volta a sua rotina normal após 90 dias.

A princípio, é necessário ficar até 4 semanas dirigir e carregar pesos maiores que 10 quilos.

Além de ser necessário comparecer à consulta do pós operatório, tomar os remédios recomendados pelo médico e seguir os cuidados pós operatórios que o médico recomendar.

A circulação das pernas é prejudicada?

Como é retirada parte da veia safena da perna, sempre surge a dúvida se a circulação das pernas do paciente será prejudicada e a resposta é não.

Além de o sangue poder continuar circulando normalmente por outras veias de nossa ampla rede venosa, acontece o processo adaptação natural para suprir as necessidades corporais da veia safena removida.

Operar de varizes e tirar a safena atrapalha se for necessário esse procedimento?

Nós temos quatro safenas no nosso corpo, duas em cada perna. A safena magna e a safena parva. Temos também outras veias que podem ser utilizadas caso seja necessário, como as veias do braço, na ausência da possibilidade de usar as safenas.

O vídeo fala sobre a veia safena e como ela se relaciona com as varizes e doenças do coração. O Dr. Alexandre Amato, cirurgião vascular, explica que a veia safena faz parte do sistema venoso superficial e não é essencial para a circulação, mas é famosa devido à cirurgia de ponte de safena. Ele explica que essa cirurgia é usada para redirecionar o fluxo sanguíneo de uma parte do corpo para outra, geralmente no coração. Ele também explica que uma ponte de safena não é uma ocorrência natural e só é feita para corrigir outros problemas e que as pessoas não devem ter medo de tratar varizes ou insuficiência venosa grave porque podem precisar da safena no futuro.

 

o olá sou doutor alexandre amato cirurgião vascular do instituto amato e hoje eu vou falar sobre a veia safena eu preciso dela a gente ouve falar de safena às vezes as pessoas não entendem muito bem qual que é a relação da safena com varizes e com outras doenças do coração então eu vou tirar todas as dúvidas hoje agora sobre a safena então em primeiro lugar clica ali embaixo faz esse favorzinho clica lá na inscrição do nosso canal aproveita nesse meio tempo clica no sininho também e eu vou falar da anatomia venosa então nos membros inferiores nós temos três sistemas venosos nós temos o sistema venoso superficial que fica mais próximo da superfície o sistema venoso profundo e o sistema perfuro comunicante que liga o sistema superficial ao sistema venoso profundo o sistema venoso profundo ele é responsável por 90 porcento ou mais do retorno venoso agora o sistema venoso é essencial ele é responsável por só 10 por cento do do retorno venoso e as veias safenas tanto a safena magna quanto a safena parva também são chamadas a safena magna de grande safena e essa foi na parva de pequena safena elas fazem parte do sistema venoso superficial então elas são veias famosas de nome e tudo mais mas elas não são essenciais na circulação venosa mas elas são famosas por que elas são famosas por causa da ponte de safena a cirurgia de ponte de safena basicamente é retirar um segmento dessa veia e levar para outro lugar do corpo às vezes pode ser até no no lugar próximo mas a gente leva essa pena pronto lugar fazendo uma ponte tirando o sangue de um lugar que tá chegando bem e levando o sangue para um lugar que não está chegando bem essa ponte de safena muitas vezes principalmente no passado era feita no coração e fala ponte de safena só isso eu não sei em que lugar do corpo está sendo feita mas a probabilidade de ser no coração é grande tá então a ponte de safena é algo que nós médicos criamos no paciente ninguém tem ou nasce com uma ponte de safena essa ponte de safena é uma coisa não natural é uma coisa que é feita para corrigir um outro tipo de problema então a questão é quando essas a pena está doente a doença das válvulas a doença da sua parede ela já está dilatada tortuosa ela não presta para fazer uma ponte de safena ela não serve para isso então não adianta a gente ficar com uma veia varicosa ou com a insuficiência venosa grave sem fazer o tratamento porque eu tô com medo de ter que usar a minha safena lá no futuro então tem várias razões para isso então não primeiro que nós temos quatro safenas uma safena magna e uma safena parva em cada perna ali e que podem ser e numa cirurgia de ponte então se eu tô com uma dessas vezes doentes as outras ainda podem ser utilizadas se eu tiro uma dessas velhas as outras também podem ser utilizadas numa situação crítica ainda podem ser utilizado veia do braço a mamária então no coração ainda pode ser a cirurgia para mamária agora a tecnologia evoluiu muito hoje em dia a gente tem os stents tem a cirurgia ainda o vascular então muitos daqueles pacientes que não passado precisariam de uma ponte de safena hoje em dia acabou coloca um stent ou conseguem controlar clinicamente o seu problema que óbvio o tratamento clínico também evoluiu então muitos pacientes que não tinham saída no passado tinham que ir para cirurgia hoje em dia são controlados com medicamentos exercício físico dieta sem a necessidade da cirurgia então se você tem uma safena doente não precisa ficar preocupado pode fazer o tratamento e o tratamento pode ser a safenectomia que a retirada total da safena técnica tradicional tipo strip ou mesmo as técnicas eram ablativas que seriam o laser na safena ou a radiofrequência na safena ambas vão fechar essa ver e essa vez vai ser reabsorvida com o tempo fazendo a safenectomia ou laser nossa fé na essa safena não pode ser utilizado depois para uma ponte de safena mas sobram alternativas de tratamento então esse não tem que ser um impeditivo para tratar a sua insuficiência venosa lembrando que uma safena doente com válvulas doentes elas ela pode por ser uma insuficiência axial ela pode acabar causando outras varizes então não adianta tratar suas varizes superficiais visíveis tortuosas e deixar uma safena doente lá porque ela vai continuar gerando outras veias varicosas ele tem e essa essa safena principalmente quando tem sintoma se tiver sintomas tiver a insuficiência bem documentada é necessário o tratamento e esse tratamento visa a extinção dessa safena como via da circulação então a gente faz esse tratamento e não vai ter novas varizes naquele local pelo menos a probabilidade é bem menor e se tiver alguma necessidade cardiológica existem dezenas de alternativas terapêuticas gostou do nosso vídeo e inscreva-se no nosso canal clica ali no sininho compartilhe também nossos vídeos com seus amigos e até o próximo [Música] e aí e aí e aí

Qual sua nota para este artigo?

0 / 5

Your page rank:

>
error: Alerta: Gostou do nosso conteúdo? Assine nosso canal!!